Atlético obtém licença prévia para construção de estádio

Com autorização, clube pode instalar tapumes e iniciar canteiro de obras

Da Redação / Ecológico - redacao@revistaecologico.com.br
Empresa & Meio Ambiente
Publicado em: 15/04/2019

Composto por representantes do poder público e da sociedade civil, o Conselho Municipal de Meio Ambiente (Comam) concedeu a Licença Prévia (LP) para a construção da Arena Multiuso MRV, no bairro Califórnia, na região Noroeste de Belo Horizonte. A autorização permite que o clube instale o canteiro de obras no terreno.

Conforme informações da Prefeitura de Belo Horizonte, a LP atesta a viabilidade ambiental do empreendimento. Com base nas legislações de uso do solo, esta etapa serve para que se faça a avaliação do projeto e da localização, é quando também são estabelecidos requisitos básicos e condicionantes.

Estádio será construído em terreno de 192 mil metros quadrados - Foto: Reprodução/@Atletico
Estádio será construído em terreno de 192 mil metros quadrados - Foto: Reprodução/@Atletico

Cronograma atrasado

O projeto, quando foi divulgado, previa o início das obras para meados de 2018. Tudo ficaria pronto até 2020. Mas antes de começar o trabalho mais pesado no terreno, será preciso ainda obter a Licença de Instalação. E só depois de outra licença, a de operação, a área poderá se transformar em palco para os jogos do time.

O estádio demandará o investimento de pelo menos R$ 410 milhões para sua construção, segundo a MRV Engenharia. No cálculo estão recursos obtidos com a comercialização de cadeiras cativas e camarotes (R$ 100 mi), a venda dos naming rights (R$ 60 milhões) e a alienação de 50,1% do Diamond Mall (R$ 250 mi).

O estádio será semelhante a um caldeirão, com oito metros de distância das cadeiras ao campo. O projeto da arena prevê um estacionamento de 2,6 mil vagas, 46 bares e 36 camarotes. Haverá também um espaço VIP com capacidade para 3,6 mil torcedores.


Postar comentário