BH volta a ficar encoberta por fumaça, agora acompanhada por fuligem

Capital mineira tem sofrido com diversos incêndios nesta semana
Matheus Muratori - redacao@souecologico.com
Saúde e Meio Ambiente
Publicado em: 17/10/2019

Menos de um mês depois de ficar coberta por fumaças de queimadas, Belo Horizonte voltou a ser envolvida pelos produtos resultantes de combustão. Desde a última terça-feira (15), a capital mineira tem picos de fumaça que incomodam e, na noite dessa quarta-feira (16), viu a situação se agravar. Na manhã desta quinta (17), a fumaça ainda pôde ser notada.

Entretanto, um outro componente foi adicionado à fumaça tóxica que paira BH: a fuligem, oriunda também das queimadas e incêndios nas zonas de mata na Região Metropolitana. Somente na terça, 35 focos foram combatidos pelo Corpo de Bombeiros.

BH tomada por fumaça na noite dessa quarta (Foto: Reprodução/Twitter Wil @eu_wilsonjunior)
BH tomada por fumaça na noite dessa quarta (Foto: Reprodução/Twitter Wil @eu_wilsonjunior)

Além das queimadas, outro fator que contribui para a poluição atmosférica na capital: a seca. A umidade relativa do ar bateu os 15% na terça. O número é próximo ao considerado estado de emergência pela Organização Mundial da Saúde (OMS), quando fica abaixo de 12%.

Diante disso, é importante seguir as orientações da Defesa Civil para o clima seco. Veja, na imagem abaixo, as orientações.

Orientações da Defesa Civil durante o clima seco (Foto: Divulgação/Defesa Civil)
Orientações da Defesa Civil durante o clima seco (Foto: Divulgação/Defesa Civil)

Postar comentário