Corte de 95% da verba para o clima é a nova jogada do Ministério do Meio Ambiente

Informação foi divulgada na manhã desta terça-feira (7), pelo portal O Globo
Da Redação / Ecológico - redacao@souecologico.com
Política Ambiental
Publicado em: 07/05/2019

O Ministério do Meio Ambiente, por meio do ministro Ricardo Salles, realizou uma nova ação relacionada às mudanças climáticas no Brasil. A pasta bloqueou 95% dos R$ 11,8 milhões que o programa tinha disponibilizado para trabalhar. A informação foi divulgada pelo O Globo, na manhã desta terça-feira - 7.

Reprodução/Twitter Ricardo Salles MMA @rsallesmma
Reprodução/Twitter Ricardo Salles MMA @rsallesmma

Com isso, o orçamento em relação às mudanças climáticas está praticamente zerado. A estratégia faz parte do plano do governo de retirar o Brasil do Acordo de Paris, que estabelece metas para limitar o aquecimento global.

A temática do clima é a mais atingida da pasta. Ela já sofreu um corte total de R$ 187,4 milhões imposto pela equipe. A quantia equivale a 22,7% do valor total do orçamento discricionário (não obrigatório) do ministério, de cerca de R$ 825 milhões.

O corte ocorre em meio à divulgação de um importante relatório da Organização das Nações Unidas (ONU). O estudo estipula que um milhão de espécies podem ser extintas em decorrência de diversos fatores, dentre eles a ação do homem contra a biodiversidade.


Postar comentário