Reserva abriga ninho de pica-pau-dourado-grande

RPPN da Veracel, em Porto Seguro (BA), tem primeiro registro fotográfico do ninho da espécie, que corre alto risco de extinção

Fauna
Publicado em: 13/12/2018

A imagem de um pica-pau-dourado-grande (Piculus polyzonus) foi registrada recentemente na RPPN Estação Veracel, que fica em Porto Seguro, na Bahia. Apesar de pouco perceptível na foto, o macho está construindo um ninho.

Esse é o primeiro ninho documentado no Wikiaves, conceituado site direcionado à comunidade brasileira de observadores de aves. A descoberta foi feita pelo vigia ambiental Jailson Souza e, aparentemente, os observadores e guias não sabiam que o pica-pau-dourado-grande usava o cupinzeiro para fazer ninho. “A expectativa agora é o nascimento de filhotes”, diz Priscilla Sales, bióloga e analista ambiental da Estação Veracel e autora do registro.

O pica-pau-dourado-grande está no Livro Vermelho da fauna brasileira ameaçada de extinção, categoria em perigo, indicando que enfrenta risco muito alto de extinção na natureza. A espécie só é encontrada na Bahia, Minas Gerais e Espírito Santo. Dos 18 registros fotográficos feitos na Bahia, 11 têm como palco a Estação Veracel, que soma ainda três registros sonoros da ave.

Com 6.069 hectares, a RPPN Veracel é reconhecida pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como uma das Reservas de Mata Atlântica inscritas como Sítio do Patrimônio Mundial Natural.

Presente em Eunápolis, desde 1991, a Veracel é um empreendimento agroindustrial que integra operações florestais, industriais e de logística. A capacidade de produção da empresa é da ordem de 1,1 milhão de toneladas de celulose branqueada de eucalipto por ano.


Postar comentário