Série Nosso Planeta destaca necessidade de ação global para proteger a natureza, diz WWF



Meio Ambiente
Publicado em: 08/04/2019

WWF: maior conscientização é vital para lidar com as questões, uma vez que pesquisa realizada mostra que apenas metade (49%) das pessoas em 10 países está muito convencida de que a biodiversidade - a variedade total de toda a vida na Terra - está em declínio

Enquanto a tão esperada série de documentários Nosso Planeta (Our Planet), de oito partes, divulgada por Sir David Attenborough, está disponível na Netflix, uma nova pesquisa mostra que apenas metade (49%) das pessoas em 10 dos países com maior biodiversidade do mundo estão muito convencidas de que a biodiversidade -nossa 'rede de segurança' ou 'teia de vida'-- está em declínio. No Brasil, que pertence a esse grupo, o percentual é um pouco menor: 47%.

Apenas 39% percebem que dependemos da natureza e da biodiversidade dos principais elementos da vida, como alimentos, água e ar limpo –enquanto no Brasil, a taxa é de 30%.

A pesquisa online sobre biodiversidade foi feita em 10 países, entre os dias 3 a 13 de março de 2018 com 10.328 entrevistados. Os países incluem: China, Índia, Indonésia, Vietnã, Brasil, Colômbia, Peru, México, África do Sul e Quênia.

Apesar da falta de conscientização sobre a crise que o nosso planeta enfrenta, o resultado mostrou que a maioria dos entrevistados (70%) dos 10 países se sente pessoalmente responsável por proteger a natureza e a biodiversidade –a estatística brasileira é 67%. 65% dizem que o compromisso de seus governos para protegê-lo é insuficiente ---para o Brasil, o percentual é de 78%.

A importância de proteger a biodiversidade para as gerações futuras também é considerada crucial para a maioria (80%), enquanto a mudança climática, o desmatamento e a poluição dos rios e oceanos são vistos como as maiores ameaças da biodiversidade.

Foto: Steve Benjamin/Silverback Films
Foto: Steve Benjamin/Silverback Films

Os números destacam a importância da conversa global que está sendo desencadeada pela série "Nosso Planeta”, da Netflix, criada em colaboração com o WWF e produzida pela Silverback Films, com o objetivo de atingir milhões de pessoas para criar um movimento em defesa da natureza. Milhares de pessoas em todo o mundo estão adicionando suas vozes e pedindo ação através de um globo giratório on-line, demonstrando a escala do movimento em todo o mundo. Visite www.ourplanet.com/voice .

O embaixador e naturalista do WWF Sir David Attenborough, que narra a série, afirma: “Hoje nos tornamos a maior ameaça à saúde de nossa casa, mas ainda há tempo para enfrentarmos os desafios que criamos, se agirmos agora. Se as pessoas puderem realmente entender o que está em jogo, acredito que esperam que os negócios e os governos continuem com as soluções práticas. E como espécie, somos especialistas em resolver problemas. Mas ainda não nos aplicamos a esse problema com o foco necessário. Podemos criar um mundo com ar e água limpos, energia ilimitada e estoques pesqueiros que nos sustentem no futuro”.

O projeto Nosso Planeta é lançado em um momento crítico em que nossa natureza e vida selvagem estão ameaçadas como nunca antes. Dados recentes do relatório Planeta Vivo 2018, do WWF, mostram que as populações globais de espécies de vertebrados diminuíram, em média, 60% desde 1970 --menos do que o período de uma vida.

Através das iniciativas da série, a instituição está aproveitando a oportunidade para conscientizar, educar e mudar atitudes em relação à conservação. Uma série de recursos on-line gratuitos no OurPlanet.com foi criada para ajudar pessoas de todas as idades a entender a importância dos habitats da Terra e como eles podem ajudar a protegê-los para as pessoas e a vida selvagem para as próximas gerações. O site está focado nos oito biomas introduzidos na série e permite que os visitantes mergulhem nos desafios e soluções mais urgentes do mundo natural.

O OurPlanet.com também fornecerá uma grande variedade de recursos educacionais para escolas, grupos de jovens e famílias para envolver os jovens na conversa global em torno da série. Estes incluem materiais para sala de aula e guias para educadores, uma plataforma 'Our Planet Live' que oferece ligações ao vivo com especialistas para salas de aula em todo o mundo e um inovador aplicativo de identidade natural chamado Seek, desenvolvido para o projeto pela iNaturalist, que ajuda os naturalistas iniciantes a obter uma melhor compreensão do seu ambiente local e da biodiversidade global.

Novo Acordo pela Natureza e pelas Pessoas

Em 2020, temos a chance de colocar o mundo no caminho para um futuro melhor, graças a uma união histórica das principais decisões internacionais sobre meio ambiente, clima e desenvolvimento sustentável que têm o potencial de colocar nosso planeta no coração de nossa economia, sistemas políticos e financeiros. Esta é uma oportunidade única e imperdível para os líderes mundiais tomarem medidas para o nosso planeta e nos moverem em direção a um futuro melhor que beneficie a todos. Um Novo Acordo pela Natureza e pelas Pessoas é necessário urgentemente com o objetivo de reverter a tendência da perda da natureza até 2030 e restaurá-la.

Fonte: WWF


Postar comentário