Temperatura média da Terra em 2018 foi a 4ª mais alta

Trata-se de uma das maiores elevações desde 1880, quando os primeiros dados começam a ser analisados

Mudanças Climáticas
Publicado em: 07/02/2019

Cientistas do governo norte-americano anunciaram que a temperatura média da Terra em 2018 foi a quarta mais elevada registrada até hoje.

Em conjunto com a Nasa, a agência espacial norte-americana, a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional divulgou, nessa quarta-feira (6), um relatório sobre temperaturas registradas em todo mundo ao longo do ano passado.

O documento mostra que a temperatura média global foi de 14,69 graus centígrados, ou seja, 0,79 grau acima da média do século 20. Trata-se da quarta maior alta desde 1880, o primeiro ano em que esses dados foram disponibilizados.

O ano mais quente já registrado foi 2016, e os cinco anos que ocupam as principais posições são aqueles iniciados a partir de 2014. Os dados indicam, ainda, que o aquecimento global não mostra sinais de que vai parar.

Conforme estudos científicos, o aumento das temperaturas mudará a cor dos oceanos, tornando-os mais azuis nas próximas décadas. Isso tende a acontecer porque o aquecimento global altera a presença de fitoplâncton, minúsculos organismos marinhos que absorvem e refletem a luz.

Com menor presença desses organismos nas águas, nas próximas décadas, estima-se que haja mudança de cor em mais de 50% dos mares do mundo até 2100.

Além de transformar a luz solar em energia química e consumir dióxido de carbono, os fitoplâncton estão no primeiro degrau da cadeia alimentar marinha.

*Com informações da NHK (emissora pública de televisão do Japão) e da BBC

Fonte: Agência Brasil


Postar comentário